10 anos da tragédia climática em 2011, homenagens serão prestadas às vítimas

Em 2011, Nova Friburgo sofreu os estragos de uma tragédia climática, estragos esses como a destruição de bens materiais e a interrupção de sonhos das vidas que se foram. O povo friburguense precisou mostrar sua força de vontade e a sua resiliência nesses anos que passaram. Agora, com seus 10 anos, desde o acontecimento, se aproximando, alguns eventos irão serão promovidos no município em homenagem às vítimas.

Acreditando na força do friburguense, a prefeitura de Nova Friburgo irá promover o evento online RESSIGNIFICAR 11/01: NOVA FRIBURGO 10 ANOS DEPOIS. Este acontecerá no Teatro Municipal Laércio Ventura e será transmitido simultaneamente nas páginas oficiais das redes sociais da prefeitura, às 20h. Estão previsto depoimentos como o da escritora Ania Kitilla, autora de Brisa, livro inspirado em acontecimentos que marcaram a tragédia, do fotógrafo e jornalista Pedro Bessa, do empresário Gilberto Sader e também a participação das cantoras Giovanna Aguilera e Tatila Krau, além de outros significativos depoimentos e apresentações de mais artistas locais através do projeto CONECTARTE.

A Diocese de Nova Friburgo também irá prestar sua homenagem às vítimas com uma missa oferecida a elas. Ocorrerá no dia 11 de janeiro, às 19h, na catedral de São João Batista, e será presidida pelo bispo Dom Luiz Antonio Lopes Ricci. Devido à pandemia que enfrentamos, a igreja tem seguido os protocolos de prevenção contra a Covid-19, então foi necessário que se fizesse uma limitação do número de participantes que irão permanecer na celebração.

Sendo assim, a vaga para participar será organizada por meio de agendamento, com marcação de senha. O agendamento pode ser feito por meio da secretaria paroquial da catedral, cujo telefone é (22) 2522-1764.

Outra ação que já é tradição na cidade é a feita pela Cruz Vermelha, que acontecerá neste ano pela 10º vez consecutiva. A homenagem será prestada no monumento situado na Praça do Suspiro. Será depositado uma coroa de flores, velas também serão acendidas e balões brancos serão soltos. O evento ocorrerá às 18:30h, também no dia 11 de janeiro, e as pessoas que queiram comparecer, a Cruz Vermelha recomenda o uso de uma camisa branca.

Reforçamos também o uso da máscara e álcool gel durante participação nos eventos, para sua prevenção e cuidado também com o próximo.

Por Isabella Chaboudt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *