Após fala racista e homofóbica durante culto, religiosa pede desculpas; Polícia Civil investiga o caso

Circulou nas redes sociais desde o último domingo, 1º, um vídeo em que uma mulher faz apontamentos racistas e homofóbicos durante uma pregação em um culto religioso no último sábado, 31. O vídeo original foi retirado do ar, mas o trecho em que a mulher faz os ataques viralizou na internet, e agora está sendo investigado pela Polícia Civil.

Segundo a 151ª DP, o caso se enquadra no artigo 20 da Lei de número 7.716/89, em que consta que praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional pode gerar penas e multas. 

Já na manhã de hoje, 03, a mulher que aparece no vídeo, publicou uma nota de retratação. Nela, ela pediu desculpas pelos termos que utilizou durante o culto, em um trecho da nota ela afirma que foi “infeliz nas palavras escolhidas”.

Em outro trecho, ela explica que sua intenção era de afirmar “a necessidade de focarmos em Jesus Cristo”. Por fim, a mulher ressalta que suas palavras não expressam a opinião do pastor e nem da igreja em que foi realizado o culto.

Procurada pela TV Zoom, a igreja não se pronunciou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *