Após seis meses, moradores de Lumiar ainda esperam pela resolução de deslizamento na RJ-142

Em abril, um deslizamento na altura do quilômetro 41 da RJ-142 deixou parte da estrada que liga Nova Friburgo a Casimiro de Abreu interditada. Na época, o Departamento de Estradas e Rodagens do Rio de Janeiro (DER-RJ) informou que suas equipes estavam trabalhando na estabilização da encosta.

Também foi comunicado que, engenheiros do departamento, autorizados pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA), começariam a atuar no desvio feito ilegalmente por moradores, melhorando e aumentando as condições de tráfego no local, possibilitando o acesso para caminhões.

Todavia, até o dia de hoje, 14, este problema não foi totalmente solucionado, de acordo com moradores da região que esperam ansiosamente para a normalização do funcionamento da rodovia.

Nossa equipe entrou em contato com o DER para saber a respeito dessa situação e fomos respondidos que as equipes têm trabalhado na RJ-142 desde a época da queda da barreira. Como também realizaram uma vistoria no trecho e fizeram a estabilização da encosta. Em relação aos serviços de topografia e sondagens, foram concluídos.

Vale ressaltar que o procedimento licitatório para implantação de um desvio e drenagem está em fase final.

O DER informou ainda que o local está devidamente sinalizado, alertando sobre a interdição. Por conta disso, foi indicado o uso da RJ-116 ou a BR-101, como rota alternativa. Para os motoristas que precisam acessar os distritos de Lumiar e São Pedro da Serra, vindo de Nova Friburgo, é possível trafegar pelo trecho liberado da estrada, já que os dois locais ficam antes da altura onde houve a interdição.

Imagem: Ama Lumiar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *