Bula digital possibilitará acessibilidade para deficientes auditivos e anafalbetos

O Governo Federal aprovou uma nova lei, que altera o texto de 2009, implementando a bula digital de medicamentos. A iniciativa possibilitará o acesso eletrônico, que contará com informações obrigatórias como composição, utilidade, dosagens, contra indicações, entre outros. 

O novo formato terá o uso de AR codes nas embalagens, podendo utilizar de recursos como ilustrações, quando necessário, e permite a transformação do texto em áudio, o que trará também acessibilidade às pessoas com deficiência e analfabetos, assim como poderá conter links para outros documentos explicativos.

No texto da lei estabelece também que o código de barras bidimensional da embalagem deverá ser de leitura rápida, direcionando ao endereço na internet que dê acesso à bula digital, hospedadas em links autorizados pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). Importante reforçar que nada disso substitui a necessidade da apresentação também em formato de bula impressa.

QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EM TEMPO REAL EM PRIMEIRA MÃO? Participe do GRUPO DE NOTÍCIAS DA TV ZOOM NO WHATSAPP.

Imagem: divulgação Governo Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.