Clínica Santa Lúcia agora é de responsabilidade da prefeitura, decisão acata lei federal

A prefeitura de Nova Friburgo anunciou na última sexta-feira, 14, que irá intervir na clínica psiquiátrica Santa Lúcia, fazendo com que a unidade seja municipalizada. A decisão atende a uma recomendação no ministério público federal e de uma lei federal de 1990, que pede a extinção de manicômios.

Além disso, o MPF já havia recebido denúncias de pacientes que foram negligenciados com aplicação inadequada de medicamentos, alimentação e falta de higiene, assim como a possível ocorrência de agressões físicas e psicológicas. Por estas e outras irregularidades encontradas em vistorias, o órgão federal orientou pela intervenção ao prefeito Johnny Maycon, que acatou a decisão.

Com isto, os cerca de 140 pacientes internados na clínica serão atendidos no mesmo local, mas agora com a administração municipal que prevê transformar o local em residência terapêutica, com atendimento humanizado e medidas sócio educativas para devolver os internos à sociedade.

“O que iremos promover a partir de hoje é dignidade no tratamento de pessoas que nada fizeram, mas que permanecem por 10, 20, 25, 30 anos. Essa é uma luta técnica da Saúde, sobretudo da Saúde Mental, e tenho certeza que isso é um avanço para que Nova Friburgo, assim como Carmo, Vassouras e Três Rios, passe a implementar as Residências Terapêuticas e a trazer dignidade no tratamento à pessoa com deficiência”. Disse o subsecretário de Saúde Mental, Felippe Schenquel.

Por Juan Victor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *