Covid-19: Friburgo registra uma morte após 9 dias e testa mais de 900 pessoas em 24h

A cidade de Nova Friburgo tem vivido uma das maiores altas de casos desde o início da pandemia da Covid-19. Segundo o último boletim, divulgado pela prefeitura, na noite de ontem, 25, foram 294 casos positivos registrados em 24 horas. Além disso, após oito dias, mais um óbito pela doença foi confirmado no município, chegando a 871. 

Quanto à ocupação de leitos, no Hospital Municipal Raul Sertã, 22 dos 23 leitos de enfermaria estavam ocupados, pondo a taxa em 95,70%. O Hospital Unimed está com lotação máxima nos 16 leitos disponíveis e no Hospital São Lucas todos os 5 leitos também estão em uso. Já no Hospital Serrano, apenas 04 pacientes ocupavam os 12 leitos. Sendo assim, o município possuía 56 leitos de enfermaria destinados a Covid-19 até ontem e destes, 47 estavam ocupados.

Ainda até essa terça-feira, a UTI do Hospital Municipal Raul Sertã disponibilizava 10 leitos e 07 já se encontravam em uso, resultando em 70%. No Hospital Unimed são 5 leitos de UTI, sendo 4 que já estão em uso. Já os hospitais São Lucas e Serrano não registravam ocupações. Com isso, dos 21 leitos de UTI disponibilizados na cidade, 11 estavam ocupados, resultando em 52,40%.

A procura por testes também tem sido em massa. Em 24h, a Prefeitura de Nova Friburgo realizou, pelo SUS, 903 testes. Se tornando a maior testagem feita em 24h desde que o governo começou a realizar a campanha de pontos de testagem em diversos locais da cidade. Dos 903 testes, 470 apresentaram o resultado positivo, colocando a taxa em 52,04%.

Por Isabella Chaboudt.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.