Decreto prevê requisição de leitos particulares pela Prefeitura

O número de casos de contágio pelo novo coronavírus em Nova Friburgo cresce rapidamente a cada dia. Hoje, 09, são 405 casos confirmados de acordo com o estado, e a demanda por leitos de UTI para pacientes graves da COVID-19, infelizmente, é alta.

Por conta disso, a Prefeitura determinou, em Decreto nº 605, publicado em Diário Oficial, que a secretaria de Saúde, está apta a requisitar leitos de CTI/UTI que estejam disponíveis nos hospitais particulares da cidade.

Para isso, por dia, a secretaria fará um balanço da porcentagem dos leitos ocupados no Hospital Municipal Raul Sertã, e receberá um boletim sobre os leitos dos hospitais particulares da cidade. Caso a ocupação do Raul Sertã atinja 65%, e precisar de mais leitos, a secretaria poderá analisar e requisitar aos privados, mas sem que sejam ocupados todos os disponíveis de um mesmo hospital.

O hospital de campanha da cidade, prometido pelo governo do Estado, ainda não tem previsão de inauguração. Já o Hospital Municipal Raul Sertã atende Nova Friburgo e outras cidades da região.

A requisição dos leitos de hospitais particulares não sairá de graça. Uma indenização, baseada na Tabela SUS, será paga pela Prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *