Dia Mundial da Fotografia: a evolução e facilidade para eternizar momentos

As imagens e pinturas sempre foram destaques na sociedade. Mas chegou o momento de capturar a chamada “realidade”. Por isso, um pioneiro que capturava imagens foi desenvolvido: o daguerreótipo. Um equipamento responsável pela produção de uma imagem fotográfica sem negativo.

A escolha do dia 19 de agosto para celebrar esta data é uma homenagem à invenção deste aparelho, o antecessor das câmeras fotográficas. Foi neste dia em 1839 que a Academia Francesa de Ciências anunciava mundialmente a novidade.

Para se ter noção, a primeira fotografia já feita demorou 12 horas para ser capturada. Mas com o passar do tempo, os equipamentos utilizados para fotografar também foram aprimorados. E revelar, mesmo que não seja tão comum hoje em dia, também ficou muito mais fácil. O que antigamente levava horas, hoje, em minutos, conseguimos uma foto com boa qualidade nas mãos ou até mesmo instantaneamente com alguns modelos de câmera.

Com a fotografia digital, obtida por meio de smartphones, tablets e câmeras profissionais, fotografar se tornou uma necessidade ainda maior para o ser humano. Momentos marcantes como casamento, aniversário, formatura, os primeiros passos do bebê, uma viagem, eventos, entre outros, tem a fotografia como item essencial para congelá-los.

O fotógrafo friburguense Luiz Luz, destacou os aspectos positivos em relação à essas mudanças na fotografia, onde por meio de diversos cliques, é possível registrar, rapidamente, as próprias histórias, o dia a dia e até o crescimento e desenvolvimento dos filhos. Mas pelo lado negativo, isso provoca uma enxurrada de imagens, o que gera menos impacto em determinadas fotos marcantes.

A fotografia provocou uma revolução em diversos campos da sociedade como as artes, economia, cultura e o mundo corporativo. Gisele Soares também é friburguense e fotógrafa, escolheu a profissão depois de um registro emocionante entre um abraço de um noivo e a avó em um casamento. Uma imagem que a marcou e deu início a uma linda trajetória.

Fotografia vem do grego “fos”, que significa “luz”, e “grafis”, em português, “estilo”, “pincel”, ou seja, o ato de “escrever ou desenhar com a luz”. A fotografia foi e continua sendo a única forma de eternizar algo que é importante e, assim como poetas tentam expressar e explicar sentimentos através de seus versos, a fotografia se mostra também um importante instrumento para que, por meio de imagens, representar sentimentos como alegria, tristeza, reflexão e muitos outros.

Jussara Conceição

Jussara faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta