Dia Mundial do Meio Ambiente: reflexões e resultados dos impactos negativos de ações na Terra

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado no dia 5 de junho. Foi criado por ocasião da Conferência de Estocolmo, organizada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972. A data tem o objetivo de estimular mudanças de atitudes e conscientizar globalmente a respeito do meio ambiente.

O tema para o dia, este ano, é a biodiversidade. A campanha #HoraDaNatureza faz um apelo à ação global para combater a crescente perda de espécies e a degradação ambiental, além de chamar a atenção para a relação entre a saúde humana e a saúde do planeta.

A pandemia da Covid-19 evidenciou que, ao destruir a biodiversidade, se destrói o próprio sistema que sustenta a vida humana. De acordo com a ONU, ao perturbar o delicado equilíbrio da natureza são criadas as condições ideais para a propagação de patógenos – incluindo os diferentes tipos de coronavírus.

Atualmente existe uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele. A destruição, desmatamento, poluição de grandes áreas e a expressiva quantidade de lixo produzido, muitas vezes descartados em ruas, rios, de forma inadequada, podem trazer sérias consequências no futuro.

Muitos pontos precisam ser revistos tanto pelos governantes quanto pela população para que os impactos sejam diminuídos. Se nada for feito, o consumo exagerado dos recursos e a perda constante de biodiversidade poderão alterar consideravelmente o modo como vivemos atualmente, comprometendo, inclusive, a sobrevivência humana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *