Em encontro com o governador no Rio, Johnny Maycon deixa 8 pedidos

Na tarde de ontem, 14, o prefeito eleito em Nova Friburgo, Johnny Maycon, compareceu a uma reunião institucional com os representantes do governo do estado do Rio de Janeiro. Na ocasião, ele encontrou o governador em exercício, Cláudio Castro, e aproveitou para realizar alguns pedidos.

Em um post em suas redes sociais, Johnny Maycon divulgou as suas solicitações. Confira:

1) Reiterar o requerimento do Ofício nº 479/2020 da Secretaria Municipal de Saúde a pedido da Comissão de Transição da futura Gestão Pública de Nova Friburgo, pleiteando a habilitação de 10 leitos de CTI Covid Pediátrico e 50 leitos CTI Covid Adulto.

2) Manter atualizada a Secretaria de Saúde e a Comissão de Transição de Nova Friburgo quanto ao Plano Estadual de Imunização contra a Covid-19 para que o referido município possa promover o seu planejamento, tendo em vista as readequações necessárias de toda a estrutura logística, de armazenamento, de distribuição e aplicação das doses de vacinas.

3) Dar celeridade quanto a conclusão das obras do Hospital do Câncer em Nova Friburgo. Sugestiona-se que seja criada uma Comissão Mista para acompanhamento do projeto com representantes dos governos e das Casas Legislativas do estado e municípios.

4) Requerer o recebimento dos repasses atrasados referente ao período de 2010 a 2017 das contrapartidas do Governo do Estado do Rio de Janeiro relativas a manutenção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Friburgo, cujo valor atualmente é de R$ 16.550.000,00 e R$ 2.260.977,37, os quais somados totalizam R$ 18.810.977,37.

5) Desassoreamento periódico dos rios de Nova Friburgo através do “Programa Limpa Rio” do governo do estado do Rio de Janeiro executado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea). No último dia 08 de dezembro, após temporal, rios de Nova Friburgo transbordaram e ruas foram alagadas. Parte da culpa desta consequência é a falta de limpeza e requalificação das margens dos rios, segundo o post de Johnny Maycon.

6) Restauração do patrimônio histórico identificado como “Casarão do Lazareto”, visto que o mesmo é de propriedade do governo estadual. Ressalta-se que no dia 06 de novembro de 2019 foi realizada uma vistoria no local com representantes da Subsecretaria de Patrimônio Imóvel do Estado, que gerou o relatório nº 149/2019 SADEM/CEA. Na ocasião foi observado que a estrutura do Casarão encontra-se comprometida causando riscos iminentes, conforme pode ser evidenciado no Processo nº SEI-04/130/002702/2019 da SEFAZ RJ. Destaca-se ainda que está em trâmite na 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo de Nova Friburgo o Inquérito Civil nº 135/19 que trata do tema e cobra uma solução.

7) Demolição dos imóveis interditados pela Defesa Civil desde a tragédia climática de 2011.

8) Manutenção frequente nas estradas e rodovias estaduais, além da realização de roçada e limpeza nas mesmas.

Foto: Reprodução/Facebook.

Por Isabella Chaboudt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *