Fim de semana marcado por casos de agressão à mulher e prisão por estupro de incapaz

Um casal foi preso neste fim de semana em Nova Friburgo pela acusado de abandono de incapaz, maus tratos e estupro de vulnerável. A investigação vinha acontecendo há alguns meses e começou quando um homem e uma mulher, de 44 e 36 anos, foram até uma boca de fumo na comunidade conhecida como Morro do Dedé, levando junto com eles dois filhos menores de idade.

Chegando no local, o casal fez uso de drogas e depois seguiu para um bar onde permaneceram bebendo, enquanto as crianças foram deixadas na rua, desacompanhadas e sendo agredidas pelo próprio pai.

Após as agressões, o casal de irmãos, um menino de 3 e uma menina de 9 anos, foi acolhido por uma senhora que mora nas proximidades, que chamou o Conselho Tutelar. Presenciando o ocorrido, o órgão de proteção comunicou a polícia civil, que abriu as investigações e realizou a prisão.

Na delegacia, foi  constatado que o homem, pai das crianças, já foi preso outras vezes, inclusive por estupro de incapaz. Segundo a polícia civil, ele estuprava a própria filha desde 2017, pelo menos.

A mãe, que ao todo tem 14 filhos e sabia dos abusos, foi acusada de negligência e omissão.

Violência contra a mulher:

Também durante o fim de semana, mais um caso de violência contra a mulher chamou a atenção dos friburguenses. Dessa vez, uma moça chamada Michele, que é bastante conhecida por ter um comércio em Olaria, foi covardemente agredida pelo ex companheiro e segundo informações apuradas pela TV Zoom, a violência foi tão grande que a vítima quebrou o maxilar.

Segundo informações da Delegacia de Atendimento à Mulher de Nova Friburgo, a agressão aconteceu na noite de sábado, mas a queixa só foi registrada no domingo, o que impediu a execução de uma prisão em flagrante.

O caso então foi encaminhado para o ministério público, que deve dar sequência ao processo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.