Firjan prevê queda no PIB do Estado do Rio de Janeiro neste ano

Na última quinta-feira, 04, o Sistema Firjan desenvolveu projeções sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do estado do Rio de Janeiro. Segundo essa análise da empresa, a região fluminense sofrerá uma queda de 6,4% no PIB, configurando a pior margem desde 2002, levando em consideração os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo a estimativa da União, o primeiro trimestre já iniciou com uma retração de 0,6%, comparado ao mesmo período do ano de 2019. Entretanto, o agravamento deste déficit se deu por conta da pandemia do novo coronavírus e pelo cenário de incerteza econômica, política e social vivido hoje.  

Seguem abaixo as projeções de acordo com as atividades econômicas:

  • Serviços: Queda de 6,7% 
  • Indústria: Queda de 6,3%
  • Indústria Extrativa: Recuo de 7,3%
  • Construção civil: Retração de 6,2%
  • Indústria de transformação: Retração de 5,9% 

A crise atual impacta negativamente a economia mundial. Por esta razão, a Firjan considera que os impactos da crise argentina sobre as exportações, afetarão o setor automotivo e terá menor demanda externa para o setor de metalurgia.

Ainda segundo as análises feitas pelo Sistema Firjan, a economia no estado do Rio de Janeiro poderá ter um restabelecimento de forma vagarosa, entretanto, tendo como base a volta das atividades econômicas e o fim das medidas restritivas de enfrentamento à COVID-19 na segunda semana de junho. Caso o prazo para a retomada da economia seja prolongado, existe a possibilidade da queda se agravar para este ano de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *