Governo do Estado aumenta fiscalização para quem não respeitar período de isolamento social

O Governo do Estado do Rio de Janeiro após uma reunião, realizada por videoconferência com autoridades como a Polícia Militar e Defesa Civil, decidiu aumentar as medidas de fiscalização para punir as pessoas que estão desrespeitando o período de isolamento social.

Em parceria com o Ministério Público, a Polícia Militar vai fechar pontos comerciais que não estiverem cumprindo as determinações. Os estabelecimentos que não estão autorizados a funcionar, por não serem considerados serviços essenciais, serão fechados e também multados se descumprimento às regras.

Além disso, pessoas que forem flagradas em aglomerações serão levadas para a delegacia e serão autuadas pelo crime de desobediência e responsabilizadas pelo ato.

De acordo com Witzel, a decisão foi tomada por conta do aumento da população nas ruas. Os dados mostram que 60% desses que ainda estão saindo, muitas vezes sem necessidade, podem elevar mais rapidamente a disseminação do vírus.

O governador ainda disse que as medidas estão sendo intensificadas para impedir que a população se contamine ainda mais e precisem ir para os hospitais públicos e privados, que estão no seu limite de atendimento neste momento.

Foto: Carlos Magno/Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *