História friburguense em perda: casarão histórico, na Rua Augusto Spinelli, encontra-se em estado de descaso

Ao passar pela Rua Augusto Spinelli, no Centro de Nova Friburgo, é fácil notar os grandes e altos prédios, porém um casarão histórico para a cidade tem ficado esquecido no meio das novas obras. Construído em 1892, o imóvel funcionou como residência do fazendeiro de Sumidouro, Manoel Amâncio de Souza Jordão. A construção é de autoria do famoso Italiano Antônio Jannuzzi, cujas obras se espalham por Petrópolis, Vassouras e a cidade do Rio de Janeiro.

O local serviu também como sede de um Clube Alemão, sendo tomado pelo governo Getúlio Vargas. Depois disso, foi sede da Legião Brasileira de Assistência e, posteriormente, ocupado pela Secretaria de Assistência Social do Município de Nova Friburgo. Em maio de 2018, um “Contrato de Cessão de Uso Gratuito com Encargos” deu a responsabilidade do local para a prefeitura.

No contrato, na cláusula sexta, fica obrigatório ao outorgado cessionário, ou seja, a prefeitura de Nova Friburgo, “administrar, guardar, zelar, fiscalizar o imóvel cedido, devendo conservá-lo, tomando as devidas providências administrativas e judiciais para tal fim”. Porém, não é o que pode ser constatado que tem sido feito ao observar o imóvel atualmente.

O ex-vereador Cláudio Damião tem levantado a bandeira do movimento “200 anos pra quem?” e atuando na cobrança da intervenção e preservação do casarão histórico. Segundo ele, desde 2019 a cobrança ao poder público tem sido feita, mas, até o momento, nenhuma resposta foi recebida pelos ofícios enviados. A Fundação D. João VI, responsável pelo Patrimônio Histórico e Arquitetônico, foi questionada, porém também não respondeu aos dois ofícios enviados.

Sem as respostas necessárias, Cláudio optou por apresentar uma Representação ao Ministério Público Federal em face do município na figura do Prefeito Johnny Maycon e do Presidente da Fundação D. João VI Luiz Fernando Dutra Folly.

Questionamos os citados nesta matéria sobre o caso, mas até o momento não obtivemos resposta.

Por Isabella Chaboudt.

Receba essas e outras informações, em tempo real, participando do grupo de notícias da TV Zoom no WhatsApp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.