Homem que ateou fogo na residência e deixou duas mulheres gravemente feridas é preso pela Polícia

O homem que incendiou uma casa na estrada Mury-Lumiar na noite de ontem, 7, foi preso na manhã desta terça-feira, 8. Rodrigo Marotti confessou o crime e foi encaminhado para a 151ª DP.

Segundo informações da PM, após uma discussão com a ex-companheira, a artista plástica e estilista Alessandra Vaz, Rodrigo disse que “perdeu a cabeça”, trancando Alessandra e a amiga, a produtora rural Daniela Mousinho, em um banheiro. Em seguida, ateou fogo na residência. Antes, ele teria aplicado golpes de tesoura nas mãos e nas nádegas da ex-parceira.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar o incêndio. Ambas foram encaminhadas ao Hospital Municipal Raul Sertã, com cerca de 90% do corpo queimado.

Daniela foi transferida para um hospital em Nilópolis, referência em tratamentos dessa especificidade. Já Alessandra foi encaminhada para um hospital particular da cidade. Segundo o último boletim médico informado, às 16h, pela unidade em que ela se encontra, a paciente está com 80% do corpo afetado, traque ostomizada, respirando por aparelhos, em estado gravíssimo.

A Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM) investiga o caso, tratando como tentativa de feminicídio.

Deixe uma resposta