Inverno em Nova Friburgo termina com mais de 300 queimadas em vegetação

Foram mais de 300 ocorrências de fogo em vegetação durante o inverno em Nova Friburgo. Esse tipo de queimada ocorre principalmente na estação mais fria do ano devido as condições climáticas. O tempo seco e os ventos são fatores que facilitam a propagação das chamas pela mata.

No total deste ano já foram mais de 400 registros no município, uma área de mais de dois milhões de metros quadrados queimados, sendo que quase todos por interferências humanas. Queimar lixo e fazer limpeza de terreno colocando fogo são as principais causas das queimadas em vegetação, mas há também os que são de origem criminosa.

A topografia do município também foi um fator de dificuldade enfrentado pelos bombeiros no combate às queimadas. O caminhão por muitas vezes não teve acesso aos locais e foi necessário utilizar o helicóptero e as pick-ups, onde os bombeiros fizeram o combate com abafadores e saco costal, uma mochila que os militares carregam cerca de 20 litros de água para ajudar no controle.

“O difícil acesso é um complicador, a gente tem utilizado aeronave, pessoal especializado no combate a incêndio florestal, às vezes especializado em salvamento em montanha para poder acessar os lugares mais difíceis.” – afirma o subcomandante Major Bruno França.

Além dos combates simultâneos a incêndios, a corporação ainda atendia aos chamados rotineiros. Equipes de folga continuavam sobre aviso. Cerca de 20 bombeiros do Quartel Geral do Rio de Janeiro também foram enviados para a região serrana, além de mais 30 militares da Operação Amazônia, que chegaram nestes últimos dias.

Com o início da primavera a expectativa é de que volte a chover e os registros de fogo em vegetação diminuam, mas um novo problema surge: os deslizamentos. Com as queimadas, os terrenos ficam desprotegidos e o risco de erosões no solo aumentam, podendo com a chuva ocorrer deslizamentos.

Bianca Chaboudet

Bianca faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta