Liga conclui que não houve tentativa de compra do Carnaval 2019

Na manhã desta quinta-feira, 23, foi emitida uma nota oficial do Conselho Deliberativo da LIESBENF – Liga Independente das Escolas de Samba e Blocos de Enredo de Nova Friburgo, reconhecendo que não houve tentativa de compra de jurados no Carnaval 2019.

Dessa forma, o jornalista José Emilsom Perrut Duarte, ex presidente do Bloco Carnavalesco Raio de Luar, foi inocentado das acusações feitas pelo ex-presidente da Liga.

Entenda o caso:

Em fevereiro deste ano, poucos dias antes do início do Carnaval 2019, José Duarte foi acusado de tentar comprar um jurado para favorecer a Escola de Samba do Grupo A Raio de Luar, agremiação que até então, estava como Presidente.

Na época, o Presidente da Liga das Escolas de Samba acusou o jornalista que foi automaticamente afastado da Escola de Samba. A acusação foi feita após vazar uma conversa de Whatsapp, onde supostamente, José Duarte teria tentado comprar o jurado.

Confira a nota oficial na íntegra:

Maiara Gastin

Maiara faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta