Material escolar: Procon-RJ faz pesquisas e constata variação de quase 300% nos objetos

O Procon Estadual do Rio de Janeiro realizou uma pesquisa de 415 produtos escolares nos 92 municípios das regiões Metropolitana, Serrana, dos Lagos, Norte e Sul Fluminense, além de lojas na internet. A coleta e a análise de dados foram feitas entre 10 e 19 de janeiro, quando foi verificada uma variação de até 297% quando comparado o produto de igual marca em diferentes estabelecimentos.

Segundo informações do Procon, em Nova Friburgo, uma pesquisa foi realizada e o objeto que teve uma maior variação percentual foi a borracha, com 118% enquanto a cola, 35%. Além disso, as tabelas de tabuada também foram alvo dessa alta. Um consumidor que comprasse em uma loja poderia pagar o dobro ao optar por comprar o mesmo item em outro estabelecimento. Já as canetas hidrocor tiveram preços analisados, e eram vendidas de R$ 9,99 até R$ 4,49 em diferentes papelarias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.