Ministério da Saúde libera R$ 100 milhões para realizar cirurgias eletivas

No final do mês de julho, o Ministério da Saúde anunciou a liberação de R$100 milhões em recursos adicionais para ampliar o número de cirurgias eletivas na rede pública de saúde. O valor será distribuído entre todos os estados brasileiros e o Distrito Federal para que possam reforçar o atendimento à população brasileira, já que, de acordo com o secretário de Atenção Especializada à Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, “há casos de demanda reprimida em algumas regiões”.

As cirurgias eletivas são os procedimentos ocorridos com marcação prévia, sem caráter de urgência e emergência. A distribuição dos recursos federais foi disponibilizada por meio do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC) e definida de acordo com dados de 2017 do Tribunal de Contas da União (TCU), em que analisaram a proporcionalidade da população pelo país.

Com esse estudo, ficou decidido que estado do Rio de Janeiro receberá um valor de R$ 8.051.084,08 para aplicar em procedimentos do Sistema Único de Saúde, como:

– cirurgias de pele, tecido subcutâneo e oftalmológicas;
– cirurgias das glândulas endócrinas;
– cirurgias do sistema nervoso central e periférico;
– cirurgias das vias aéreas superiores, da face, cabeça e pescoço;
– cirurgias oncológicas;
– cirurgias do aparelho circulatório e digestivo e
– cirurgias do aparelho osteomuscular.

Nossa equipe entrou em contato com a Secretaria de Comunicação Social de Nova Friburgo, que informou não ter sido notificada oficialmente pelo governo federal, até o momento, sobre a possibilidade de obter parte dessa verba.

Alice Wandrofski

Alice faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta