Operação Lei Seca retoma os serviços com novas ferramentas

As operações de fiscalização da Lei Seca foram retomadas em todo o estado do Rio de Janeiro na última quinta-feira, 08. Estas estavam suspensas desde 18 de março, devido à pandemia da Covid-19.

Neste intervalo de tempo, um protocolo sanitário foi planejado e criado em parceria com a Secretária de Estado de Saúde, através da Superintendência de Vigilância Sanitária para um retorno seguro da operação.

 
Como funcionará a nova blitz

Neste novo formato, uma triagem será realizada com o uso de equipamento passivo, ou seja, sem necessidade de sopro e sem contato com o motorista. Ao detectar a presença de álcool, será executada uma segunda triagem, e caso o resultado dê positivo novamente, o teste do bafômetro tradicional será utilizado com o bocal descartável, cumprindo com os requisitos de higiene. Após o uso dos aparelhos eles serão higienizados com hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária).


Durante a abordagem o motorista e o policial ficarão separados por uma barreira protetora de plástico transparente. Neste momento, o motorista terá de apresentar os documentos para que o agente do Detran faça imediatamente a verificação.


Em todas as blitzes serão disponibilizados totens de álcool em gel com acionamento via pedal para os motoristas abordados e para os agentes que atuam na Operação Lei Seca. Também serão oferecidas máscaras descartáveis para os motoristas.


A reorganização na estrutura da blitz da Lei Seca leva em consideração um maior distanciamento entre as pessoas. Todos os profissionais que atuarão na operação vão utilizar máscaras e protetor facial (face shield).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *