População friburguense pede justiça nas redes sociais por vítimas de feminicídio ocorrido em 2019

Em outubro de 2019, Rodrigo Marotti trancou e ateou fogo em uma casa onde estavam sua ex-companheira, Alessandra Vaz, acompanhada de uma amiga, Daniela Mousinho. Desde então, parte da população se une em um movimento pedindo a justiça do caso. Nos últimos dias esse pedido tem se intensificado com a marcação do julgamento do autor do crime.

A população se mobiliza, principalmente nas redes sociais, para pedir justiça e pena máxima do caso. “A nossa intenção é fazer com que a notícia do julgamento chegue ao maior número de pessoas para que a pressão da população possa ajudar na sentença desse assino.” – escreveu uma internauta em suas redes sociais.

Redes sociais.

O caso foi considerado um duplo feminicídio e irá a júri popular no dia 8 de janeiro às 10h30min, conforme a decisão da 1ª Vara Criminal de Nova Friburgo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.