Processo contra Deputado Federal Glauber Braga deve ser instaurado nesta quarta-feira

A abertura do processo contra o deputado federal Glauber Braga, do Psol, deve ser realizada nesta quarta-feira, 18. A instauração, promovida pelo Conselho de Ética da Câmara, está prevista para entrar na pauta de hoje do plenário.

O motivo para abertura do processo, pedido pelo PSL, foi o pronunciamento do parlamentar no dia 02 de julho, quando Glauber chamou o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, de “juiz ladrão”.

“O senhor vai estar nos livros de história como um juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão (…) um juiz ladrão e corrompido que ganhou uma recompensa para fazer com que a democracia brasileira fosse atingida (…) é o que o senhor é, um juiz que se corrompeu, um juiz ladrão.” – Disse o deputado na sessão promovida pela Comissão de Constituição e Justiça, há dois meses.

Em nota, o parlamentar afirmou que não retira nada do que disse na reunião da CCJ, e que a Constituição Federal garante a liberdade de expressão do parlamentar, sem o receio de ser limitado ou punido por isso. O deputado ainda reafirmou que “ele (o ministro) se comportou como juiz ladrão. Se alguém tem que ser responsabilizado por alguma coisa, esse alguém é o Sr. Sérgio Moro.”

Confira a nota na íntegra.

Foto: Gabriela Biló/Estadão

Bianca Chaboudet

Bianca faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta