Vereadores apresentam pedido de CPI no transporte, prefeito rebate acusações

No início da tarde de ontem, 30, os vereadores Maicon Queiroz (PSC) e Priscila Pitta (CIDADANIA) apresentaram à Câmara Municipal um pedido de instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o contrato emergencial entre a prefeitura de Nova Friburgo e a concessionária de ônibus Itapemirim. 

Também assinaram o pedido de CPI os vereadores Carlinhos do Kiko (PROS), Angelo Gaguinho (DC), Joelson do Pote (PDT, Vanderleia Abrace Essa Ideia (PP), Isaque Demani (PP) e Christiano Huguenin (MDB). Esse número de assinaturas já é suficiente para instaurar o pedido dentro da Casa Legislativa.

Segundo a vereadora que apresentou o pedido na Câmara, Priscila Pitta, “o secretário da Casa Civil esteve na Câmara prestando esclarecimentos, mas alguns ficaram obscuros”.

Já na noite de ontem, o prefeito Johnny Maycon, acompanhado do seu vice, Serginho, se manifestou nas redes sociais. Ele disse estranhar o fato de os vereadores não terem incluído a Nova Faol e nem a antiga gestão municipal como investigadas no pedido da CPI, uma vez que “foram eles que causaram essa confusão toda”, de acordo com o prefeito.

Ele ainda fez críticas aos vereadores e falou em uma “blindagem” a favor da Nova Faol.

Agora, a solicitação de CPI segue para  a Procuradoria Geral da Câmara, que deve analisar, entre outros fatores, se há acusações justificáveis a serem investigadas, para então aprovar ou rejeitar o pedido.

Por Juan Victor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *