Covid-19 em Friburgo: situação da saúde pública é crítica e governo municipal pede ajuda ao Estado

Na manhã de hoje, 14, uma movimentação mais intensa tomou conta de Nova Friburgo por conta do agravamento da Covid-19 no município, principalmente no que diz respeito à saúde pública. Devido ao colapso no Hospital Municipal Raul Sertã, o governo municipal solicitou ajuda ao Governo do Estado do Rio de Janeiro. Além disso, a queixa de falta de médicos no hospital foi denunciada.

Com a explosão de casos, internações e mortes, que já somaram 391 casos e 24 novas mortes nos últimos quatro dias, na manhã desta quarta, 14, uma situação mais tensa começou depois que profissionais da saúde se manifestaram expondo a situação extrema que a saúde municipal está passando. Além desses fatos, a equipe de jornalismo da TV Zoom esteve no Hospital Raul Sertã para buscar mais informações e fomos de encontro com uma pessoa que disse que o atendimento estava precário e que havia sido suspenso por falta de médicos.

Outro dado preocupante e que chama a atenção para maiores cuidados da população é o fato de que os leitos de UTI e enfermaria do Raul Sertã estão lotados há dias, e com isso, vem a escassez de insumos e medicamentos para o tratamento de pacientes graves do coronavírus, como já está acontecendo.

A Prefeitura de Nova Friburgo, em nota enviada à TV Zoom, informou que no dia 08 de abril, solicitou ao governo estadual o envio dos medicamentos e materiais para tratar pacientes em função do colapso no sistema de internação do Hospital Municipal Raul Sertã, considerando que o hospital atende a 13 cidades vizinhas. No documento, foram pedidos 54 itens, dos quais: 13 tipos de insumos e 41 de medicamentos podem ser enviados.

O governo municipal ainda em nota disse que a falta de médicos não ocorre no hospital municipal e reitera as especialidades que estão trabalhando nesta quarta. Confira a íntegra:

“A Prefeitura de Nova Friburgo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, não confirma a ausência de médicos e esclarece que o hospital por vezes trabalha com a capacidade diminuída de profissionais, mas não é o caso no momento atual. Ele está funcionando sim, e no dia hoje, 14, a equipe de profissionais está trabalhando com internista, clínico, ortopedistas, cirurgiões e pediatras.”

Mapa de Risco Estadual

Segundo o Mapa de Risco divulgado semanalmente pelo Governo do Estado do Rio, Nova Friburgo aparece em uma das situações mais críticas de todo o estado e, aponta que, dos 39 pontos que totalizam os riscos para aferição da bandeira estadual, a cidade aparece com 34 pontos.

Por Luiz Marcelo Iezzi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *