Laje não recupera certificação que auxilia funcionamento da instituição

No último dia 10, o Lar Abrigo Amor a Jesus (Laje) divulgou uma nota, através de sua rede social, em que informa estar tomando as medidas necessárias para reconquistar o Certificado de Entidades Beneficentes de Assistência Social (Cebas). O documento garante benefícios a organizações em geral e para as voltadas em serviços de assistência social.

A instituição se pronunciou, pois em 9 de setembro foi publicada no Diário Oficial da União uma portaria, de número 1.572, por meio do Ministério da Cidadania, que indeferia a certificação destinada ao Laje. Deste modo, o lar possuía um mês para regularizar a situação.

Entre as medidas assumidas pela organização estão:

– a contratação de um escritório de assessoria especializado na concessão do Cebas com matriz em Brasília;
– mudanças no sistema contábil do Laje, na intenção de cumprir as exigências estabelecidas pelas normas da certificação;
– preparação de toda a documentação para envio do pedido de certificação.

A documentação garantia ao Laje uma economia de R$ 30 mil mensais na cota patronal do INSS. De acordo com o presidente da entidade, Francisco Folhadela, a dívida pode ainda chegar a R$ 1 milhão, uma vez que seria necessário o pagamento retroativo do valor, desde 2017.

No último mês, nossa equipe esteve na unidade, para saber sobre a atual situação do Laje e foi informada que o órgão responsável pela emissão do Cebas localiza-se em Brasília, dificultando o diálogo. Sem o certificado, a instituição corre o risco de fechar as portas.

Alice Wandrofski

Alice faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta