NOVO CORONAVÍRUS: circulação no Brasil teria começado antes do que se imagina

Um estudo liderado e divulgado ontem, 11, pelo Instituto Oswaldo Cruz, aponta que a circulação do vírus Sars-CoV-2 teria começado até quatro semanas antes dos primeiros casos registrados na Europa e nas Américas.

No Brasil, o trabalho aponta que o novo coronavírus teria tido início de sua disseminação na primeira semana de fevereiro, algo em torno do dia quatro, mais de 20 dias antes do primeiro caso registrado de fato – um homem que teria voltado da Itália para São Paulo, em 26 de fevereiro – e mais de 40 dias antes dos registros da chamada transmissão comunitária, em que o vírus circula entre o próprio país.

Na Europa, o vírus teria começado a circular em meados de janeiro na Itália, local onde foi o epicentro da doença por muito tempo. Nos Estados Unidos, mais precisamente em Nova York, epicentro da doença no país e no mundo até o momento, também haveria tido circulação desde o começo de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *