SMOMU apresenta nova central de monitoramento

Na tarde da última sexta-feira, 16, a Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana apresentou a nova central de monitoramento de Nova Friburgo, que é integrada a sinalização semafórica com câmeras implantada recentemente em 15 pontos da cidade.

O novo sistema de fiscalização foi instalado em áreas consideradas de maiores riscos, tanto para pedestres quanto para motoristas. Porém, esse método de monitoramento, que entrou em vigor na segunda-feira, 12, gerou questionamentos sobre a possibilidade de multa em situações como ultrapassar a faixa de retenção para dar espaço à ambulâncias.

Marques Henrique, Secretário Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana.

De acordo com o Secretário de Ordem e Mobilidade Urbana do município, Marques Henrique, “o código de trânsito é bem claro em relação a isso. Se houver uma ambulância, um carro da polícia, corpo de bombeiros, as pessoas que estiverem ali podem ultrapassar o sinal que não vão ser multadas para dar passagem a esses veículos”.

Outra dúvida que tem acometido os motoristas é a configuração de multa, caso parem em cima da faixa de retenção. O secretário explica que permanecer com as rodas sobre a faixa não causa notificação, porém se o condutor avançar um pouco mais, passará em cima do sensor, e, assim, será multado.

Mesmo as câmeras capturando outros tipos de infração, o serviço da central de monitoramento é exclusivo para analisar casos em que o motorista ultrapasse o sinal vermelho ou pare em cima da faixa de pedestre. As multas são aplicadas das 6h às 22h, porém o sistema opera 24 horas e as imagens podem ser utilizadas para auxiliar em caso de acidentes durante a madrugada. Todavia, o requerimento deve ser feito pela polícia ou por meio de um termo judicial.

Após receber a notificação de multa com uma foto do ato, o infrator que desejar ter acesso a filmagem precisará de autorização da justiça.

A central de monitoramento contará com dois agentes e também auxiliará os serviços da Polícia Militar. Segundo Marques Henrique, em casos de furtos de veículos, por exemplo, as câmeras estarão disponíveis para conferir se o carro passou por algum dos pontos fiscalizados.

Na primeira semana de funcionamento do novo modelo de vigilância, as motocicletas foram destaque nos casos de infração. A SMOMU ainda constatou “muita ultrapassagem de sinal fechado, (motoristas) colocando em risco a vida dos outros e a própria”.

Alice Wandrofski

Alice faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta