TSE divulga cuidados sanitários para eleitores e mesários nas eleições deste ano

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, concedeu uma entrevista coletiva, ontem, 08, para apresentar à imprensa e à sociedade o plano de Segurança Sanitária para as Eleições Municipais deste ano. O documento foi elaborado pela consultoria sanitária gratuita formada por especialistas da Fiocruz e dos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein.

Este ano, a votação ocorrerá no dia 15 de novembro, em primeiro turno, e no dia 29 do mesmo mês, em segundo turno, onde houver. Lembrando que, as seções eleitorais terão todo o cuidado de higienização possível, além de cartazes que serão afixados com os procedimentos a serem adotados por todos.

Entre as medidas está a que cada eleitor deve utilizar máscara e, se possível, estar com sua própria caneta para assinar o caderno de votação. Também é aconselhável levar anotados os nomes e números dos candidatos (a “cola eleitoral”) para votar mais depressa.

Em relação aos mesários, será necessário o uso de máscaras descartáveis que deverão ser trocadas a cada 4 horas e face shields (protetores faciais). Este material será oferecido pela Justiça Eleitoral a partir de doações, segundo o TSE.

Uma importante novidade é que, neste ano, o tempo de votação foi ampliado em uma hora e começará mais cedo: será das 7h às 17h. Porém, este horário é preferencial para maiores de 60 anos. Os demais eleitores não serão proibidos de votar neste período, mas devem, se possível, comparecer a partir das 10h, respeitando a preferência.

Vale lembrar que, antes de sair de casa para votar, o eleitor deve verificar o seu local de votação, já que algumas seções eleitorais foram alteradas. Essa checagem pode ser feita por meio do aplicativo e-Título, na opção “onde votar”, ou pelo portal do TSE.

Imagem: Tribunal Superior Eleitoral – TSE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *