Boletim coronavírus: Nova Friburgo ultrapassa 9 mil casos positivos

A Prefeitura de Nova Friburgo divulgou no fim da tarde de ontem, 27, um boletim com dados atualizados da pandemia de coronavírus no município. Segundo o governo municipal, nas últimas 24 horas foram contabilizados 108 novos casos, chegando a 9.049.

Desse total, 643 são profissionais da saúde, mantendo o número de 4 óbitos registrados na área.

Os casos suspeitos agora são 41, destes, são 20 em isolamento domiciliar aguardando resultado, 16 internados e 5 mortes suspeitas.

Um óbito também foi registrado de quarta para quinta-feira, chegando a 263 mortes desde o início da pandemia.

Ao todo, 18.869 testes foram realizados, destes, 47,95% deram positivo para Covid-19. Os recuperados já são 4.072, e outros 9.779 tiveram resultado negativo.

Ocupação de leitos (27 de janeiro):

Foi divulgado também pela Prefeitura de Nova Friburgo o boletim sobre a taxa de ocupação dos leitos dos hospitais na cidade, tanto na rede pública quanto na privada.

O número total de leitos de enfermaria, considerando todas as unidades, é de 74, com 35 ocupações, o que correspondem a 47,3% da taxa. Já nas UTIs, são 42 leitos, sendo 26 ocupados, o que equivale a 61,9% de ocupação.

Os dados são distribuídos da seguinte forma:

O Hospital Municipal Raul Sertã possui 19 leitos de enfermarias no total, e 15 estão em uso, o que corresponde a 78,9%. Nos 20 leitos de UTIs, 15 estão em uso, o equivalente a 75%;

O Hospital Unimed Nova Friburgo possui um total de 25 leitos de enfermarias, 17 estão ocupados, atingindo a taxa de 68%. Nas UTIs, dos 10 leitos disponíveis, 04 estão em uso, totalizando 40%.

No Hospital São Lucas, o total de leitos de enfermarias é de 20, com 03 ocupações, correspondendo a 15%. Já nos leitos de UTIs, 5 estão ocupados dos 10 disponíveis, compreendendo a 50% de taxa.

No Hospital Serrano, o número total de leitos de enfermarias é de 10 e nenhum está em uso. Nos leitos de UTIs são 02 disponíveis e ambos estão sendo utilizados, atingindo a taxa de 100%.

Por Isabella Chaboudt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *