Clube do Trem fala de expectativas para recuperação da malha ferroviária

Em Nova Friburgo, o Clube do Trem busca preservar a memória e o patrimônio ferroviário no município e em regiões vizinhas. No último dia 26, a Lei nº 8635/19, sancionada pelo governador Wilson Witzel, que incluiu o ramal Cachoeiras de Macacu-Nova Friburgo no plano estadual de recuperação da malha ferroviária, foi bem recebida pela associação.

O trem foi parte importante para o desenvolvimento da cidade. A ferrovia foi por anos, a responsável pelo transporte de café, ouro, produtos variados e, até mesmo, boa parcela da população.

Com a nova legislação, as expectativas de recuperar esse componente da história friburguense são as melhores. Porém, é necessário saber que o projeto, estadual, ainda está no seu início.

“Agora com essa lei, a gente espera que a iniciativa privada olhe pra cá, perceba que existe um potencial principalmente turístico, para, que quem sabe, evoluirmos em um projeto que possa constituir, realmente, numa linha pra trazer um maior desenvolvimento no turismo (…). O próprio Clube do Trem já fez um estudo que viabiliza a instalação de uma linha turística, mas isso ainda está muito embrionário. Apesar da lei ter sido promulgada agora, a gente sabe que existe o desejo, mas ainda temos muita coisa a fazer.” – Afirma a Presidente do Clube do Trem de Nova Friburgo, Deborah Cunha.

Em âmbito municipal, a memória da Maria Fumaça também é alvo de um projeto do Pacotão de Obras: a Praça do Trem. De acordo com a Presidente do Clube do Trem, agora é necessário esperar alguns trâmites para a realização da obra.

“No que se referem ao Município, todas as etapas já foram cumpridas e agora ainda está numa tramitação, na Caixa Econômica, para liberação da verba para que a obra possa iniciar. Já foi feita licitação, já sabe qual empresa vai conduzir isso, o projeto teve todos os seus ajustes. É encantador e a gente espera que, de fato, essa burocracia natural se conclua o mais breve possível pra gente iniciar as obras e ter a Praça do Trem.”

Matéria divulgada no Zoom TV Jornal em 02/12/2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *