Parlamentares trocam acusações durante sessão na Câmara Municipal

Durante uma sessão ordinária na noite de ontem, 10, na Câmara Municipal, o vereador Johnny Maycon levantou questionamentos a respeito dos prazos das licitações, alegando descumprimento com o regimento interno. O parlamentar destacou ainda a situação do certame que envolve a TV Câmara e o transporte público, ambos licitados após o vencimento do anterior.

O vereador afirmou ainda que o atraso da licitação da TV Câmara tem sido extremamente prejudicial ao parlamento. O presidente do plenário, Alexandre Cruz, rebateu as acusações de Johnny Maycon, dizendo que os demais parlamentares também não seguem o regimento, referindo-se as injúrias proferidas na câmara, que são proibidas por regulamentação.

O presidente lembrou ainda de queixas, por parte do vereador, sobre o envolvimento de interesses na resolução das licitações. Johnny Maycon, por sua vez, reiterou suas críticas, causando um acaloramento na sessão.

Na discussão, o chefe do Legislativo solicitou a avaliação, por parte da Conselho de Ética e Decoro da Câmara Municipal, a respeito das acusações direcionadas a ele.

Outro ponto abordado pelo vereador Johnny Maycon foi o número de assessores por parlamentar uma vez que, segundo ele, nunca viu determinados nomes “colocar as plantas dos seus pés nessa casa”.

Deixe uma resposta