Planos de saúde não podem mais limitar número de sessões de fisio, fono e terapia

Desde o dia 1 de agosto, não há mais limite de sessões para atendimentos com  psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas realizados via plano de saúde. A determinação é da Agência Nacional de Saúde, a ANS, que regula a atividade das operadoras de saúde no Brasil. 

A nova regra foi definida no mês passado pela diretoria colegiada da ANS, tendo como base cobrir atendimentos que forem prescritos pelo médico assistente para pacientes com qualquer doença ou condição de saúde listada pela Organização Mundial da Saúde, a OMS, como o transtorno do espectro autista, paralisia cerebral, síndrome de down, esquizofrenia, e outras patologias que necessitam de atendimento contínuo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.