Smomu promete maior fiscalização a motos barulhentas

Na manhã de quinta-feira, 17, a Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana se reuniu com representantes de trabalhadores que utilizam motocicletas para realizarem entregas.

O objetivo da reunião foi conscientizar sobre o aumento do nível de ruídos dos veículos, devido à alterações feitas nos escapamentos das motos, seja removendo o silenciador ou trocando os equipamentos.

Além disso, no encontro, o secretário da SMOMU, Marques Henrique, alertou que os agentes da secretaria intensificarão a fiscalização. Os representantes presentes se comprometeram a repassar as informações aos funcionários da categoria e solicitar a adequação, caso necessária.

A base da diferença entre o som de ronco de motor e o barulho de um cano de descarga alterado é, na maioria dos casos, o catalisador. Quando retirado, o desempenho da moto pode melhorar. Porém, o aumento do ruído torna-se maior, junto a poluição do ar, já que esse equipamento filtra, purifica e diminui a emissão de gases poluentes.

De acordo com o Artigo 230 do Código de Trânsito Brasileiro, condutores flagrados em motos com cano de descarga livre ou com silenciador defeituoso, deficiente ou inoperante, respondem por infração grave, passível de multa no valor de R$ 195,95, além de retenção do veículo.

Alice Wandrofski

Alice faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta