Via Compartilhada contará com bicicletários e sinalização específica

Na manhã de ontem, 08, a Prefeitura Municipal reuniu a imprensa para explicar tópicos do projeto inicial da nova Via Compartilhada que, segundo o governo, foi erroneamente divulgada como “Ciclovia”.

A reunião ocorreu para esclarecer questionamentos abordados pela população. Entre eles, os postes que ficam no meio do trajeto. De acordo com o Escritório de Gerenciamento de Projeto (EGCP), responsável pela esquematização da ideia, isso já havia sido sinalizado. A intenção é elaborar um contorno e a criação de um guarda-corpo envolta do mesmo para a proteção do ciclista. Porém, a empreiteira que executa a obra não cumpriu o combinado.

A via, em primeiro momento, cruzará o centro da cidade, com final em Duas Pedras. Segundo o subsecretário de projetos do EGCP, a obra, em um todo, será dividida em trechos de partilhamentos,compartilhamentos e ciclovia.

Outros pontos noticiados pela prefeitura são a sinalização, com utilização de placas e pinturas de faixas, e 9 bicicletários, que auxiliarão os usuários ao longo da via. Além disso, também serão realizados rebaixamentos das calçadas em pontos de cruzamentos, para melhor adaptação das ciclistas.

Foto: Arquivo TV Zoom

As bicicletas terão área exclusiva da ponte que permite acesso à Rua Sete de Setembro até à Rua Padre Luís Yabar, contando com proteção e uma via de mão dupla. Porém, durante a maior parte do trajeto, pedestres e ciclistas terão que compartilhar a via.

O prazo para finalização das obras é de 180 dias.

Alice Wandrofski

Alice faz parte da equipe de jornalismo da TV Zoom. Escreve sobre os mais variados temas para o site tvzoom.com.br.

Deixe uma resposta