Acusado de matar a mulher grávida e a sogra será transferido para presídio comum

O Tribunal de Justiça da 1º Vara Criminal de Nova Friburgo determinou nesta sexta-feira, 20, a transferência de presídio de Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos, acusado de assassinar a esposa e a sogra, e tentar matar o sogro no último sábado, 14, no Cônego.

Segundo o despacho do juiz titular, Marcelo Alberto Chaves Villas, não há indícios de que o acusado tenha qualquer tipo de transtorno mental, que poderia ter causado um surto, levando-o a cometer os crimes. Com isso, o acusado deve ser transferido da ala de prisão psiquiátrica para uma ala comum, em um presídio não divulgado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *