Derrubada de liminar autoriza retomada na votação das contas do Executivo

Na última sexta-feira, 10, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, por meio do Desembargador Eduardo Gusmão Alves de Brito Neto, derrubou a liminar que impedia a votação das contas do Executivo no ano de 2018.

Essa liminar foi expedida no dia 30 de junho, e trancou a pauta que iria para votação no dia 2 deste mês. Agora, nas próximas semanas, a Comissão de Finanças, Orçamento, Tributação e Planejamento da Câmara Municipal deve se reunir para definir o prosseguimento da votação.

Caso as contas de 2018 sejam rejeitas, o prefeito Renato Bravo se tornará inelegível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *