Inverno 2020 terá menor frequência de frentes frias

No próximo domingo, 21, o inverno chega para os brasileiros e, segundo o site Climatempo, espera-se uma menor frequência de frentes frias neste ano, podendo as pessoas sentirem um impacto menor do frio no cotidiano.

Porém, a previsão é de que no início de julho, duas frentes frias fortes venham a acontecer, e nesses eventos a temperatura pode extrapolar médias históricas, correndo, inclusive o risco de geadas no Sudeste do Brasil. Contudo, após a primeira quinzena de julho, a expectativa é de tempo mais seco e menos frio para todo o país.

Além disso, o inverno desencadeia uma séries de doenças respiratórias, como: resfriados, gripes, pneumonias, alergias e sinusites, que estão entre as doenças que são muito mais comuns da estação, principalmente porque as pessoas costumam permanecer em ambientes fechados e aglomerados, o que facilita a disseminação de agentes infecciosos, como vírus e bactérias. Algumas dicas importantes para se prevenir das doenças de inverno são:

• Evitar locais fechados e aglomerados de pessoas;
• Evitar exposição ao frio e a fumaça de cigarro;
• Lavar frequentemente as mãos e evitar levá-las aos olhos, boca e nariz;
• Não compartilhar objetos pessoais;
• Ter boa alimentação com alimentos ricos em vitamina C;
• Manter-se hidratado;
• Manter as vacinas sempre em dia.

É válido lembrar do novo coronavírus, que tem se espalhado muito rápido e que pode facilmente ser disseminado com ainda mais facilidade no inverno, onde os ambientes ficam mais fechados, com menos circulação de ar, e facilitam a dispersão dos vírus que se propagam pelas gotículas.

É importante intensificar as medidas de prevenção, pois durante esse momento de pandemia, os serviços de saúde já estão sobrecarregados e isso pode acarretar, inclusive, a falta de leitos para doenças respiratórias nos hospitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *