Mulher morre após esperar cerca de 1 hora por socorro em Lumiar

Uma mulher de 66 anos foi atropelada na noite de ontem, 27, em Lumiar e aguardou no local do acidente por cerca de uma hora até a chegada do socorro. A senhora foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Municipal Raul Sertã, onde não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Embora haja uma ambulância da prefeitura em São Pedro da Serra, para atender aos dois distritos, a unidade móvel só chegou após os bombeiros terem realizado o socorro, demorando mais de uma hora para chegar no local, em um trajeto que leva cerca de 10 à 15 minutos. Além disso, a associação informou que quando precisam dos serviços da ambulância os moradores tem que ligar para o Hospital para que eles autorizem o atendimento, um processo que aumenta ainda mais o tempo de espera.

Essa não é a primeira vez que a demora no atendimento faz vítimas fatais na localidade. No ano passado, antes de receber a unidade móvel, três pessoas faleceram nos distritos devido ao problema da distância para a prestação do socorro.

A ambulância foi entregue em setembro do ano passado, após diversas solicitações da Associação de Moradores de Lumiar. Na época foi fornecido ao local uma UTI Móvel, que ficaria responsável pelos atendimentos no 5º e 7º distritos, mas de acordo com a presidente da associação, Silvia Faltz, a UTI só ficou no local por cerca de quatro meses, sendo trocada em seguida por uma ambulância comum, sem ser explicado o motivo da substituição.

Em nota a prefeitura informou que:”A ambulância disponível em São Pedro da Serra é um equipamento simples, para pequenas remoções e serve como um suporte ao trabalho do Corpo de Bombeiros, que é órgão responsável pela remoção de acidentados de vias públicas. A Secretaria de Saúde se reuniu na tarde de ontem, dia 27, com um grupo de trabalho para deliberar sobre a criação de uma estrutura mais ampla para atendimento emergencial de saúde na região. A viabilidade do serviço ainda será discutida com o Conselho Municipal de Saúde. Atualmente o distrito conta com 3 motoristas que fazem escala de plantão de 24/72h. Uma emenda parlamentar destinada ao Município prevê a compra de quatro ambulâncias mais equipadas. Com a liberação do recurso, a localidade será contemplada.”

Foto: Alex Almeida / Intertv

Deixe uma resposta