Projeto da UFF vai trocar lixo eletrônico por produtos novos

Que os aparelhos eletrônicos têm vida útil, todo mundo já sabe. Mas o que fazer quando eles param de funcionar? A dúvida do descarte correto do lixo eletrônico é frequente. Pensando nisso, o Instituto de Saúde de Nova Friburgo, por meio da Universidade Federal Fluminense, lança nesta quarta-feira, 23, o projeto “Reciclotron”, na Praça Dermeval Barbosa Moreira, no Centro.

A iniciativa segue até a sexta-feira, 25, e faz parte da programação da 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A ação vai permitir que os friburguenses descartem celulares, tablets, carregadores, notebooks e outros itens de computador velhos ou quebrados, por produtos em lojas da cidade. A UFF instalará uma caçamba para recolher esse lixo eletrônico.

O objetivo da campanha é incentivar a reciclagem, as atitudes sustentáveis, promovendo ações de inclusão digital, que serão utilizadas para a montagem de salas de Informática, cyber café e de realização de cursos de arte, robótica e impressão 3D.

De acordo com o professor da instituição e responsável pelo Reciclotron, Claudio Fernandes, os equipamentos descartados vão acumular pontos conforme uma tabela padrão criada pelo “clube reciclopontos”. Após o cadastro, a pessoa que deixar o lixo eletrônico vai poder trocar por produtos correspondentes nas empresas e sites participantes.

O projeto não recebe eletrodomésticos, como geladeira, fogão, máquina de lavar e microondas. Aparelhos grandes, como televisão, computadores e impressoras, poderão ser entregues, durante doze meses, na sede do ISNF, que fica na Rua Doutor Silvio Henrique Braune, 22, Centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *