Idosos e profissionais da saúde serão primeiro público alvo de campanha contra gripe

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe foi adiantada para poder auxiliar na diferenciação das suspeitas de coronavírus com os casos de gripe. A ação terá duração de dois meses e, dessa vez, idosos e trabalhadores da área da saúde serão os primeiros a serem vacinados, de acordo com o Ministério da Saúde.

Esta decisão é mais uma medida de proteção a esses públicos, em especial aos idosos, já que a vacina é um cuidado aos quadros de doenças respiratórias mais comuns, que, dependendo da gravidade, pode levar a óbito. A primeira fase da campanha começa no dia 23 de março em todo o Brasil.

Um Dia D nacional de vacinação está programado para o dia 9 de maio e, a partir dessa data, serão vacinadas crianças de 6 meses até 6 anos, mulheres gestantes e no pós parto, população indígena e portadores de condições especiais.

O Instituto Butantan está produzindo 75 milhões de doses que previnem contra os três tipos de vírus de influenza que mais circularam no ano passado. Em 2020 já foram registrados 90 casos de H1N1 e 6 óbitos no Brasil. No mesmo período em 2019 foram registrados 146 casos e 24 óbitos.

Lembrando que a campanha de vacinação se estende até o dia 23 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *