Julho Amarelo: Nova Friburgo promove ações de conscientização contra hepatites

A Prefeitura de Nova Friburgo, junto com o Sistema Único de Saúde (SUS) e a Secretaria de Saúde, começou a promover ações na cidade do Julho Amarelo, mês de conscientização das hepatites A,B,C,D e E. Atualmente, existem testes rápidos para a detecção da infecção pelos vírus B ou C, que estão disponíveis no SUS para toda a população. 

Segundo informações, o município já foi reconhecido como uma das “cidades piloto” do Estado do Rio de Janeiro para a implantação do novo projeto de atendimento aos pacientes de Hepatites, tornando a liberação dos medicamentos específicos de forma mais efetiva e de melhor acesso para a população, o que torna o início do tratamento mais rápido.

Com objetivo de conscientizar sobre o diagnóstico e tratamento, a Prefeitura realizará atividades de Capacitação em Hepatites Virais para os profissionais da rede. Além disso, haverá a realização de testes rápidos e triagens das Hepatites B e C nas unidades de saúde do município. Confira as datas:

  • Posto de Saúde Silvio Henrique Braune:
    – 12/07 e 14/07, 19/07 e 21/07, 26/07 e 28/07  às 08h e às 13h
  • Centro de Socioeducação Dr. Antonio Elias Dorea de Araújo Bastos (Cense Nova Friburgo) 
    – 13/07: às 8h, direcionado aos menores institucionalizados.

Unidades de ESF:
 – ESF STUCKY:
18/07: 09h às 14h
 
ESF CENTENÁRIO:  
13/07: 09h às 15h
 
ESF SALINAS:
11/07: 09h às 11h
 
ESF OLARIA II:
21/07: 09h às 15h
 
ESF OLARIA III:
14/07: 08h às 12h
 
ESF MURY:
 14/07: 14h às 16h
 
ESF CONQUISTA:
 14/07: 9h às 15h
 
HOSPITAL MUNICIPAL RAUL SERTÃ:
11/07 à 31/07 direcionado aos funcionários do hospital
 
HOSPITAL MATERNIDADE MÁRIO DUTRA DE CASTRO:
 14/07 direcionado aos funcionários do hospital.

Conheça os tipos de hepatite:

  • Hepatite A: normalmente é o tipo mais comum e está relacionada às condições de higiene e saneamento básico. É uma infecção leve, que existe vacina e se cura sozinha. 
  • Hepatite B: atinge maior proporção de transmissão por via sexual e contato sanguíneo. Sendo assim, as melhores formas de prevenção são o uso do preservativo e a vacina.
  • Hepatite C: a principal forma de transmissão do contato com sangue. Essa doença pode causar cirrose, câncer de fígado e morte. Esse tipo de hepatite não possui vacina.
  • Hepatite D: ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B, sendo assim, a vacinação contra a do tipo B também protege de uma infecção com a D. 
  • Hepatite E: transmitida por via digestiva, pode provocar formas mais graves da doença em mulheres grávidas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.