Em primeira discussão, Câmara aprova alteração na lei para permitir licença de Serginho do cargo de vice-prefeito

Por 15 votos a 5 e com debates muito acalorados entre os parlamentares, foi aprovada nesta quinta, 28, em primeira discussão, a proposta para alterar o artigo 189 da lei orgânica do município. Este é o primeiro passo para permitir que o vice-prefeito, Mário Sérgio Abreu (Serginho), possa se licenciar do cargo e assumir a superintendência da subsecretaria de projetos especiais do governo do estado.

Como é um projeto que altera a lei, a proposta deve ser votada duas vezes, tendo dois terços, ou seja, 14 votos favoráveis. Após a aprovação, é que deve ser decidido o pedido de afastamento do vice-prefeito, caso isso aconteça, o salário de Serginho passará a ser pago integralmente pelo governo do estado, e não mais pela prefeitura.

Os cinco votos contrários foram dos vereadores Maicon Queiroz e Joelson do Pote e das vereadoras Priscilla Pitta, Maiara Felicio e Vanderleia. O vereador Jânio não compareceu à sessão, mas justificou a sua ausência, já os demais parlamentares votaram a favor da mudança.

Seguindo o regimento da Casa Legislativa, a segunda discussão deve acontecer em no máximo 10 dias, podendo indicar qual deve ser o destino do vice-prefeito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.